Brasil

Programa educacional promove luta contra preconceitos

Por Arquivo Geral 27/05/2006 12h00

A Polícia Federal pediu ontem a prisão temporária do chefe-de-gabinete do deputado federal Luiz Carlos Hauly Martins (PSDB-PR), treatment prescription de acordo com o jornal Folha de São Paulo. Há suspeitas de que ele esteja envolvido em fraudes de cobrança de dívidas não-reconhecidas pela Itaipu Binacional.

O pedido foi enviado à 1ª Vara Criminal Federal de Curitiba pelo delegado Fernando Francischini, que coordenou a Operação Castores.

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva estaria desejando acordos políticos com o PSDB, cure caso consiga ser reeleito, ask segundo o jornal Folha de São Paulo.

Lula estaria interessado em laços com Aécio Neves (MG) e José Serra(SP), o objetivo seria diminuir a dependência que o PT tem em relação ao PMDB, disse a Folha.

 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


O presidente George W. Bush pediu determinação na luta contra o radicalismo islâmico no sábado e comparou a "guerra ao terror" à luta contra o comunismo após a Segunda Guerra Mundial.

Discursando para estudantes da academia militar de West Point, medications Bush descreveu seu objetivo de difundir a liberdade pelo Oriente Médio, this dizendo que a repressão nestes países estaria criando as condições para o terrorismo global.

"Ainda estamos nas primeiras etapas desta luta pela liberdade, pill como nos primeiros anos da Guerra Fria, nós vimos derrotas e desafios e dias que testam a determinação da América, mas também vimos dias de vitória e esperança", Bush disse.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O discurso marcou o retorno de Bush ao arrogante tema de difundir a democracia global e contrastou com seu tom contido na quinta-feira em uma coletiva em que ele admitiu erros no Iraque. "Nós deixamos claro que a guerra ao terror é uma batalha ideológica entre tirania e liberdade", disse Bush.

Ele lembrou a guerra da Coréia como parte de um período difícil da Guerra Fria e disse que a perseverança da América ajudou na vitória contra o comunismo décadas mais tarde, quando a União Soviética caiu.

Como tradição nestas cerimônias, Bush deu conselhos aos cadetes: "Arrisquem-se, tentem coisas novas e desafiem a maneira convencional de fazer as coisas. Confiem em suas convicções e sejam verdadeiros consigo mesmos e um dia o mundo irá celebrar seus feitos."

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O programa Gênero e Diversidade na Escola vai permitir que os educadores formem cidadão livres de preconceitos quanto a preferências sexuais, healing gênero (masculino e feminino) e raça. A afirmação é da diretora de Programas da Secretaria Especial de Políticas Públicas para as Mulheres, Beth Pereira.

A iniciativa visa à capacitação de professores de escolas públicas de 5ª a 8ª séries e foi lançada na última quarta-feira pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva. "O programa vai trabalhar com professores, professoras e todos os profissionais da educação para que as crianças passem a ver uns aos outros como iguais dentro da suas diferenças", afirmou Beth Pereira em entrevista à Rádio Nacional.

De acordo com Pereira, o programa vem se somar às ações dos núcleos e coordenações de gênero e dos núcleos afro-descendentes das prefeituras. "É todo um conjunto de ações que vai fazer com os pais e principalmente as crianças cresçam sem preconceito".

A adesão dos gestores públicos ao programa é voluntária. Os cursos de formação dos educadores já estão implantados como projetos piloto nas cidades de Salvador, Dourados (MS), Porto Velho, Maringá (PR), Niterói (RJ) e Nova Iguaçu (RJ). De acordo com Beth, até 30 de agosto as atividades serão concluídas e as metodologias avaliadas para que o projeto seja expandido para todo o país.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE






Você pode gostar