Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Brasil

PF deflagra operação Pentaedro do Fogo na Amazônia

O objetivo de investigar queimadas, desmatamento ilegal e falsificação de terras da União em municípios interioranos do Amazonas

Na manhã desta terça-feira (20), a Polícia Federal (PF) deflagrou a operação Pentaedro do Fogo, que tem o objetivo de investigar queimadas, desmatamento ilegal e falsificação de terras da União em municípios interioranos do Amazonas.

Com o apoio do Exército e da Força Aérea, foram cumpridos 27 mandados de busca e apreensão em Apuí, Manicoré e Maués, no sul do Amazonas. Um satélite de alta precisão foi utilizado no rastreamento dos focos de incêndio e desmatamento.

Os autuados poderão receber penas de até 15 anos de prisão pela prática dos crimes. Vale lembrar que a Amazônia perdeu 11.088 quilômetros quadrados por conta de queimadas e desmatamentos entre agosto de 2019 e julho de 2020.

Um fato curioso é que a Superintendência Regional da Polícia Federal no Amazonas foi trocada recentemente. O diretor-geral da Polícia Federal, Paulo Maiurino, decidiu trocar o então superintendente no Amazonas, Alexandre Saraiva, pelo envio de um pedido de investigação ao Supremo Tribunal Federal (STF) contra o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE






Você pode gostar