Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Brasil

Grupo Sabin promove ações que ajudam a reduzir os impactos da pandemia

Desde o início da pandemia do novo coronavírus (Covid-19), o Instituto Sabin promoveu doações de mais de R$ 590 mil para auxiliar no enfrentamento da doença

Com o olhar para um futuro de investimentos sustentáveis e formatos de negócios inovadores, o mundo empresarial tem colocado em suas estratégias centrais o crescimento sustentável, pautado pela redução de impactos ambientais, investimentos em práticas de sustentabilidade social, além de fomentar uma governança corporativa que influencia um contexto empresarial mais positivo.

O Grupo Sabin, com 37 anos de história, é um exemplo de empresa que possui a cultura de sustentabilidade e programas estratégicos para cada pilar de ESG.  Um exemplo disso, é o seu braço social, o Instituto Sabin atua há 16 anos construindo parcerias e implementando ações e projetos de impacto socioambiental nas 53 cidades e 12 estados que o Grupo atua. Sua missão é contribuir para a melhoria da qualidade de vida das comunidades fomentando a inovação social. “Além de oferecermos um serviço de excelência buscamos entregar valor aos nossos clientes. Faz parte da nossa essência cuidar do outro e ter um olhar atento para as políticas sustentáveis. Isso tem conexão direta com o propósito do Grupo que é inspirar pessoas a cuidar de pessoas”, pontua a presidente Executiva do Grupo Sabin, Lídia Abdalla. 

Desde o início da pandemia do novo coronavírus (Covid-19), o Instituto Sabin  promoveu doações de mais de R$ 590 mil para auxiliar no enfrentamento da doença. Mais de 260 organizações sociais foram beneficiadas e 8.951 pessoas atendidas com cestas básicas e produtos de limpeza. Segundo Gabriel Cardoso, Gerente Executivo do Instituto Sabin, o primeiro ciclo da pandemia trouxe uma grande onda de solidariedade por parte de pessoas e empresas que, infelizmente, foi seguida por uma diminuição brusca no início de 2021. “Aos poucos observamos a retomada das doações no Brasil, inspirada por campanhas e iniciativas de organizações do terceiro setor, empresas e empreendedores sociais”, afirmou. 

 Atuando localmente e de acordo com necessidades específicas de cada uma das regiões, o Instituto Sabin agiu durante a pandemia de 2020 por meio de seus interlocutores, mobilizando donativos e os repassando a organizações da sociedade civil, atendidas pelos seus programas e projetos. 

Atuação durante a pandemia

 Mesmo diante da pandemia do novo coronavírus, que obrigou diversos serviços a serem paralisados, o Instituto Sabin apresentou um alto impacto positivo no último ano: transformou a vida de mais de 62 mil pessoas, com diversas iniciativas e investimentos de R$ 4 milhões na área social em todo o Brasil.






Você pode gostar