Brasil

Fraudes no auxílio: PF faz nova operação

São cumpridos três mandados de busca e apreensão em Luís Eduardo Magalhães

A Polícia Federal realiza, na manhã desta quinta-feira (8), mais uma operação contra fraudes no auxílio emergencial do governo federal. Desta vez, são cumpridos três mandados de busca e apreensão em Luís Eduardo Magalhães-BA.

A operação desta quinta (8) mira um grupo que teria criado pelo menos 45 contas no Caixa Tem em nome de terceiros. Eles usavam dados de pessoas que tinham direito ao benefício e recebiam o auxílio de forma ilegal. Estima-se que o prejuízo às vítimas e aos cofres públicos seja de R$ 27 mil.

Além dos mandados de busca e apreensão, expedidos pela Justiça Federal, também foi determinado o bloqueados de valores das contas dos investigados. Eles responderão pela prática dos crimes de estelionato, falsidade ideológica e associação criminosa.

O auxílio emergencial, criado em 2020 para mitigar os efeitos da pandemia de covid-19, foi retomado neste mês de abril. Porém, agora, as parcelas serão em menor valor, variando entre R$ 150 e R$ 375.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE






Você pode gostar