Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Brasil

Ex-secretário de Saúde é preso suspeito de corrupção

Polícia Federal realiza hoje operação que investiga corrupção e lavagem de dinheiro

O ex-secretário de Saúde de Cuiabá-MT, Célio Rodrigues, foi preso suspeito de irregularidades à frente da pasta. A Polícia Federal deflagrou nesta quinta-feira (28) a Operação Cupincha, segunda fase da Operação Curare, de julho deste ano, que investiga corrupção e lavagem de dinheiro.

Na primeira fase da operação, Célio havia sido exonerado do cargo.

São cumpridos três prisões preventivas e 13 mandados de busca e apreensão em Cuiabá-MT e em Curitiba-PR.

De acordo com as investigações, um grupo empresarial, que fornece serviços à Secretaria Municipal de Saúde do Município de Cuiabá e que recebeu, entre os anos de 2019 e 2021, mais de R$ 100 milhões, esteve à frente dos serviços públicos com o pagamento de vantagens indevidas, seja de forma direta ou por intermédio de empresas de consultoria, turismo ou até mesmo recém transformadas para o ramo da saúde.

Após o ingresso dos recursos nas contas das empresas intermediárias, muitas vezes com atividades econômicas incompatíveis, os valores passavam a ser movimentados, de forma fracionada, por meio de saques eletrônicos e cheques avulsos, de forma a tentar ocultar o real destinatário dos recursos.








Você pode gostar