Brasil

Estados poderão iniciar vacinação nesta segunda (18), afirma Pazuello

Segundo Pazuello, o pedido para adiantamento do início das vacinações para esta segunda (18) foi feito pelos governos estaduais

Por Aline Rocha 18/01/2021 7h45

O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, durante cerimônia simbólica com governadores, anunciou, na manhã desta segunda-feira (18), que a campanha de vacinação contra o novo coronavírus poderá iniciar ainda hoje.

“Tínhamos conversado sobre o que vai acontecer a partir de agora. Hoje ainda nós distribuiremos todas as vacinas aos estados e, hoje ainda, os estados, ao final do dia, no município principal, a vacinação”, afirmou o ministro durante a cerimônia. Segundo ele, o pedido para adiantamento do início das vacinações foi feito pelos governos estaduais.

Ele reforçou ainda que, mesmo com o início da imunização, as medidas de proteção deverão ser mantidos. “A vacina não determina o fim das medidas preventivas. O início da vacinação não nos desobriga a continuar com o uso de máscaras, não nos desobriga as medidas de prevenção e de afastamento social”, disse.

Pazuello complementou que as medidas deverão ser mantidas até que a pandemia esteja em níveis normais de qualquer doença. “Esse modelo repetirá ano que vem. Nós continuaremos tomando vacina para o coronavírus e suas variantes todos os anos, em uma estratégia de vacinação que é definida pelo sus. Isso vai entrar na normalidade, como é com o H1N1, sarampo e outras doenças ao longo da nossa vida”, complementou o chefe da Saúde.

Logística de Distribuição (DLOG)

A logística de distribuição das vacinas será realizada por aviões e caminhões, compondo estes últimos uma frota de 100 veículos com áreas de carga refrigeradas, que até o final de janeiro aumentarão em mais 50. Toda frota possui sistema de rastreamento e bloqueio via satélite.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O Ministério da Saúde terá o apoio da Associação Brasileira de Empresas Aéreas por meio das companhias aéreas Azul, Gol, Latam e Voepass, para transporte gratuito da vacina Covid-19 às unidades federadas do país que necessitam do transporte aéreo para a chegada das doses. Vale reforçar que o Governo Federal transportará as vacinas aos estados, que farão a distribuição aos municípios junto com o Ministério da Defesa.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE






Você pode gostar