Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Brasil

Anvisa autoriza importação da Sputnik V por mais 7 estados

No início do mês, outros 6 estados receberam a permissão de importação excepcional. São eles Bahia, Maranhão, Sergipe, Ceará, Pernambuco e Piauí

Foto: Reuters

Na noite de terça-feira (15), a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) autorizou a importação excepcional por mais 7 estados da vacina contra a Covid-19 Sputnik V. De acordo com o documento, mais 592 mil doses poderão ser importadas, distribuídas da seguinte forma:

Rio Grande do Norte: 71 mil
Mato Grosso: 71 mil
Rondônia: 36 mil
Pará: 174 mil
Amapá: 17 mil
Paraíba: 81 mil
Goiás: 142 mil

No início do mês, outros 6 estados receberam a permissão de importação excepcional. São eles Bahia, Maranhão, Sergipe, Ceará, Pernambuco e Piauí. Diferente do lote autorizado ontem, esses estados tiveram autorização para importar 928 mil doses.

Vale lembrar que os contratos de importação seguem algumas condições: a vacina deverá ser utilizada apenas na imunização de adultos saudáveis; todos os lotes das vacinas importados somente poderão ser destinados ao uso após liberação pelo Instituto Nacional de Controle de Qualidade em Saúde da Fiocruz; a Anvisa receberá relatórios periódicos de avaliação de risco-benefício da vacina; a vacina deverá ser utilizada em condições controladas, com condução de estudo de efetividade, com delineamento acordado com a Anvisa e executado conforme Boas Práticas Clínicas; a Anvisa poderá, a qualquer momento, suspender a importação, distribuição e uso das vacinas importadas.






Você pode gostar