fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Na Hora H!

Vídeo: população impede enterro do suspeito de matar menina Emanuelle 

Segundo a polícia, não houve confronto, pois a família do homem preferiu realizar enterro em outra cidade

Avatar

Publicado

em

PUBLICIDADE

Moradores de Chavante-SP, trancaram os portões do cemitério da cidade nesta quarta-feira (15), para impedir o sepultamento de Aguinaldo Guilherme Assunção, de 49 anos, suspeito de ter matado a menina Emanuelle Pestana de Castro, de oito anos. 

Após ter confessado o crime, Aguinaldo teria cometido suicídio em uma cela dentro do presídio, nesta quarta-feira. Um vídeo mostra o momento em que a população tentou impedir a entrada do corpo. “Já ‘encadeamos’. Aqui. Esse lixo aqui não entra. A população em peso. OIha como está a população: revoltada. Aqui ele não entra”, diz um morador. 

Indignada pela morte brutal da menina, a população de Chavantes se mobilizou pelas redes sociais e se reuniu em frente ao cemitério, situado no distrito de Irapé. Segundo a Polícia Militar não houve confronto, pois a família de Aguinaldo preferiu realizar enterro em outra cidade. 

Crime

Emanuelle Pestana de Castro, de oito anos, que estava sumida desde sexta-feira (10) enquanto brincava em uma praça, foi encontrada morta em uma área de mata nesta segunda-feira (13). 

De acordo com a polícia, equipes foram acionadas após o suspeito, Agnaldo Guilherme Assunção, que é vizinho da família, confessar que matou a menina e indicar onde havia deixado o corpo. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Após a confissão, policiais civis, militares e a equipe da perícia técnica foram até o local e encontraram a vítima morta ao lado de um córrego. 

Ainda de acordo a polícia, o vizinho foi interrogado nesta segunda-feira e havia negado saber de qualquer informação sobre o desaparecimento da criança. Contudo, acabou confessando à polícia o crime. Ele foi preso e está à disposição da Justiça.

O corpo de Emanuelle foi encaminhado ao IML. 


Leia também
Publicidade
Publicidade
Publicidade