Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Na Hora H!

‘Vampiro sedento de sangue’: assassino de crianças é linchado no Quênia

Em uma confissão assustadora, admitiu ter matado outros dez menores, em um período de cinco anos, “às vezes chupando o sangue de suas veias

Um homem, um assassino confesso de crianças e considerado um “vampiro sedento de sangue”, foi linchado nesta sexta-feira (15) em uma localidade do Quênia, para onde fugiu após escapar da vigilância policial – disseram fontes oficiais.

Masten Milimo Wanjala foi detido em 14 de julho, após o desaparecimento de duas crianças. Em uma confissão assustadora, admitiu ter matado outros dez menores, em um período de cinco anos, “às vezes chupando o sangue de suas veias, antes de executá-los”, conforme relato da Direção de Investigações Criminais (DCI).

O homem, de 20 anos, deveria ser julgado na quarta-feira (13) pelo assassinato a sangue frio de dois garotos de 12 e 13 anos, quando a polícia constatou que o acusado havia desaparecido de sua cela.

Nesta sexta, ele foi capturado por uma multidão, após ser identificado por estudantes em sua cidade natal, Bungoma, a mais de 400 quilômetros de distância da delegacia de onde ele fugiu.

“Era originário desta região e foi reconhecido pelas crianças, que avisaram e a informação se espalhou, então os moradores foram atrás dele”, disse Bonface Ndiema, uma autoridade local.

“Ele invadiu a casa de um morador, mas foi descoberto e linchado”, acrescentou.

A polícia confirmou o linchamento de Masten Milimo Wanjala.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

© Agence France-Presse








Você pode gostar