Siga o Jornal de Brasília

Na Hora H!

Tortura a presos é investigada em presídio

A Secretaria Estadual de Segurança Pública (Sesp) afirma que os presos foram agredidos por outros detentos ainda no início da operação

Aline Rocha

Publicado

em

Foto: Divulgação/Secom/MT
PUBLICIDADE

Da Redação
redacao@grupojbr.com

A denúncia de que presos estariam sendo torturados na Penitenciária Central do Estado, em Cuiabá, está sendo investigada. A polícia suspeita de que as sessões de tortura tenham sido planejadas por organizações criminosas com o objetivo de culpar os agente penitenciários que participam de operação que começou há um mês no presídio.

Os presos que sofreram agressões já receberam atendimento médico e foram trocados de cela. A Secretaria Estadual de Segurança Pública (Sesp) afirma que os presos foram agredidos por outros detentos ainda no início da operação.

O momento em que um deles foi espancado foi registrado por um agente penitenciário. O vídeo foi entregue para as autoridade e um inquérito foi aberto para investigar o caso, identificar os agressores e entender o motivo das agressões.

As vítimas serão ouvidas pela Comissão de Direitos Humanos da Ordem dos Advogados do Brasil Seccional Mato Grosso (OAB-MT).

Uma das suspeitas é de que as agressões sejam planos de líderes de uma organização criminosa para criar instabilidade dentro da PCE, que passa por operação para diminuir regalias de reeducandos.


Leia também
Publicidade
Publicidade
Publicidade