Siga o Jornal de Brasília

Na Hora H!

Torcedor do Botafogo é espancado em posto de gasolina

14 torcedores do Flamengo foram detidos suspeitos de ter cometido o crime 

Publicado

em

Publicidade

Da redação
redacao@grupojbr.com

Jonathan Massa, torcedor do botafogo, de 30 anos, foi espancado por um grupo de supostos torcedores do Flamengo, em um posto de combustível, nesta quinta-feira (7). 

De acordo com a defesa da vítima, Jonathan estava indo com alguns amigos para o jogo entre Flamengo e Botafogo, no estádio do Engenhão, quando resolveram parar em um posto de combustível. 

A advogada da vítima conta que o homem estava conversando com um mototaxista e vestia a blusa do Botafogo. De repente, falaram para ele correr. Ainda segundo a defesa, quando Jonathan viu que a confusão estava indo para o lado dele, correu para dentro do posto, mas não deu tempo. 

Ainda de acordo com a advogada, os amigos que estavam com a vítima também correram e ele acabou ficando sozinho. A advogada afirma que quer levar o caso como tentativa de homicídio. Ela afirma ainda que o que salvou a vida dele foi o capacete que ele estava utilizando.

Jonathan sofreu quatro perfurações no corpo, na região do braço esquerdo e nas costas. Ainda não se sabe qual foi o instrumento usado para fazer as perfurações. O estado de saúde dele é estável. 

Em primeiro momento, Jonathan foi atendido no Hospital das Clínicas de Jacarepaguá. No entanto, ele acabou sendo transferido para uma outra unidade de saúde para fazer exames especializados. 

Uma testemunha, que preferiu não se identificar, disse que a confusão entre torcedores do Flamengo e Botafogo começou em um outro posto de gasolina, próximo ao local onde Jonathan foi agredido.

O caso foi registrado na delegacia, onde 14 homens foram detidos, suspeitos de participação no episódio que deixou Jonathan ferido. Com eles, foram apreendidos cabos de vassoura, bastões de beisebal e outros pedaços de madeira. 

 


Você pode gostar
Publicidade
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *