Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Na Hora H!

Sogro mata o genro a facada após discussão em um bar

Idoso confessou o crime e afirmou que, se caso a vítima não tivesse morrido ainda, ele terminaria a agressão.

Idoso confessou o crime e afirmou que, se caso a vítima não tivesse morrido ainda, ele terminaria a agressão. Foto/Reprodução

O sogro de 62 anos matou o genro de 32 anos durante uma discussão em um bar em Igarapé, na região metropolitana de Belo Horizonte. O crime aconteceu por volta das 16h no último domingo (16).

Segundo as informações da Polícia Militar, o suspeito estava em um bar no bairro Ipanema tocando violão e cantando. A vítima também foi ao local e começou a jogar sinuca com outras pessoas.

Em um certo momento, o idoso saiu do estabelecimento e ficou encostado em um carro. De lá, começou a zombar do genro, porque ele estava perdendo o jogo. Irritado, a vítima começou a discutir com o sogro. Segundo as testemunhas que estavam no local, o idoso deu uma facada no tórax do genro e foi embora. 

A vítima foi socorrida pelas pessoas que estavam por perto e foi encaminhada para a UPA de Igarapé. Na unidade de saúde, o óbito foi constatado. 

Idoso tem desavenças com a família do genro

Policiais militares encontraram o suspeito sentado em uma varanda de sua casa. Ao ser questionado, ele confessou o crime e disse que, caso a vítima não tivesse morrido ainda, iria atrás dela para “dar término à agressão.” 

As testemunhas ainda afirmaram que o sogro teria desavenças antigas com a família da vítima, especialmente contra o genro. Relataram também que o homem sempre procura confusão e atritos.

O caso foi encerrado na 4ª Delegacia de Plantão da Polícia Civil em Igarapé.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE








Você pode gostar