Siga o Jornal de Brasília

Na Hora H!

Polícia localiza quinto suspeito de participar de tortura e decapitação de jovem

Crime foi filmado e vídeos foram enviados para chefes de facção criminosa que encomendaram o assassinato

Publicado

em

Publicidade

Da redação
redacao@grupojbr.com

A polícia localizou nesta segunda-feira (30) o quinto suspeito de participar do assassinato de Herick Luan Pereira de Araújo em junho deste ano. A vítima foi torturada por cerca de 12 horas enquanto era filmado e depois decapitado. 

A investigação aponta que enquanto esteve foragido, ele trabalhou em fazendas da zona rural de Divinópolis-TO, cidade onde ocorreu o crime. Os outros quatro suspeitos foram detidos durante uma operação da polícia em julho.

Os vídeos feitos pelos criminosos serviriam para provar que a morte tinha sido executada conforme ordenado por chefes de uma facção criminosa, que estão presos. 

O laudo cadavérico identificou que a vítima ainda estava viva quando foi decapitada. Na época do crime, o pai da vítima informou aos policiais que o jovem era usuário de drogas.


Você pode gostar
Publicidade