Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Na Hora H!

Passageiros ficam feridos após pane em avião da Azul

Por meio de uma nota, a Azul Linhas Aéreas confirmou que a aeronave que realizaria o voo Cuiabá-Guarulhos teve sua decolagem abortada após a identificação de uma pane

Foto: reprodução

Na madrugada desta quinta-feira (25), passageiros ficaram feridos após uma pane em um avião da companhia Azul, que sairia do Aeroporto Marechal Rondon, em Várzea Grande, região metropolitana de Cuiabá, com destino a Guarulhos, em São Paulo.

Por meio de uma nota, a Azul Linhas Aéreas confirmou que a aeronave que realizaria o voo Cuiabá-Guarulhos teve sua decolagem abortada após a identificação de uma pane. O comandante do voo realizou o procedimento padrão previsto.

“Os clientes evacuaram a aeronave por meio das saídas de emergência do avião. A Azul destaca que está prestando todo o apoio necessário aos clientes, lamenta o ocorrido e reforça que ações como essa são necessárias para garantir a segurança de suas operações”, diz a nota.

De acordo com o G1, funcionários do aeroporto disseram que alguns passageiros teriam ficado feridos ao descer pelo escorregador inflável do avião.

“As comissárias começaram a falar que ia explodir o avião, que era para evacuar o avião e foi aquele desespero. Ninguém conseguia abrir porta. Eu não sei quantas pessoas já tinham saído na minha frente, mas consegui sair, graças a Deus, sem nenhum ferimento. Saí pela pelo escorregador (inflável). A gente via que tinha muita gente machucada, porque quando descia no escorregador, a turbina estava ligada, então ventava e derrubava as pessoas”, disse a passageiro Wenderson Campos.

Já a passageira Andréia Gregoli afirmou que cheiro de fumaça e de combustível estava forte dentro do avião. “Na hora que abriu a porta ficou mais intenso ainda. Quando descemos pelo escorregador, a turbina estava muito forte. Muitas pessoas caíram por causa disso”, disse.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE








Você pode gostar