Siga o Jornal de Brasília

Na Hora H!

Pai atirava nos filhos quando não faziam tarefas domésticas

A mãe das crianças também é investigada. Ela afirmou nunca ter denunciado o marido por medo dele e temer perder a guarda do filho mais novo, que é adotado

Aline Rocha

Publicado

em

Foto: Reprodução
PUBLICIDADE

Da Redação
redacao@grupojbr.com

Um pai atirava contra os filhos com armas de airsoft quando as crianças se negavam a fazer trabalhos domésticos. O homem, de 34 anos, prestou depoimento na Central de Flagrantes da Polícia Civil de Ribeirão Preto, deve responder por tortura e teve a prisão em flagrante convertida em preventiva nessa segunda-feira (11). 

“Inquirido, o indiciado informou que chegou em casa (sic) dias atrás e passou a brincar com as armas de airsoft, e como as vítimas não quiseram realizar afazeres domésticos, ele atirou contra elas, e como estava no modo rajada, saíram várias bolinhas (…)”, diz o registro do depoimento.

O homem já havia sido preso nessa segunda-feira (11) quando ainda era tratado como suspeito. A mãe das crianças, uma técnica de enfermagem de 31 anos, também é investigada. Ela afirmou nunca ter denunciado o marido por ter medo dele e temer perder a guarda do filho mais novo, que é adotado. 

As crianças, de 9 e 15 anos, estão sob a guarda dos avós maternos. A professora da vítima mais velha notou os ferimentos no corpo da aluna e denunciou as agressões. 


Leia também
Publicidade
Publicidade
Publicidade