fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Na Hora H!

Padrasto teria espancado bebê até a morte por causa do choro da criança

Criança morreu por traumatismo craniano. Padrasto mantinha relacionamento extraconjugal com a mãe do bebê

Willian Matos

Publicado

em

PUBLICIDADE

No município de Areia Branca, em Sergipe, o padrasto de um bebê de quatro meses teria o espancado até a morte. O corpo foi encontrado na madrugada desta terça-feira (9/7).

A mãe foi quem procurou a polícia. Ela, que passou o dia com o pai da criança, já encontrou o bebê já sem vida. O outro filho dela, de oito anos, teria visto o espancamento. Em seguida, o padrasto teria saído em um carro.

A Polícia Civil local vai investigar o caso. De acordo com a PM, a mãe tinha relacionamento “fixo” com o pai do bebê e mantinha um caso extraconjugal com o suspeito do crime.

Ainda na madrugada, o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi chamado e constatou a morte por traumatismo craniano. O Instituto Médico Legal (IML) foi recolher o corpo.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE



Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade