fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Na Hora H!

Nas redes sociais mulher denuncia estupro e diz que casa foi invadida

A mulher disse que ao acordar, encontrou o homem por cima dela

Avatar

Publicado

em

feminicídio
PUBLICIDADE

Uma mulher de 27 anos usou as redes sociais para denunciar que foi estuprada após ter a casa invadida em Caraíva, comunidade de Porto Seguro, cidade do sul da Bahia. O homem suspeito do crime foi preso após ser encontrado com o celular da vítima.

Segundo a mulher, o crime ocorreu na terça-feira (21), por volta das 5h30. Na postagem, ela conta que encontrou o homem por cima dela logo após acordar.

Maria detalhou que o homem só parou com as agressões após ouvir o barulho feito pelo companheiro dela, que dormia em outro cômodo da casa. O homem fugiu por uma parte destelhada da casa.

Ainda na postagem, a vítima informou que o homem foi preso no dia seguinte ao crime, na quarta-feira (22), depois de ser encontrado por populares na mesma comunidade onde ocorreu o estupro.

Apesar da prisão, conforme relatos da vítima, a Justiça arbitrou fiança de R$ 3,5 mil, já que crimes foram registrados como importunação sexual e furto simples. Ela questionou a decisão já que há indícios de que outras mulheres foram estupradas pelo mesmo homem.

Segundo a 23ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin), o homem foi preso por moradores da região, com o aparelho celular roubado, e depois levado para o plantão de polícia em Porto Seguro, no mesmo dia do crime.

Apesar disso, como não foram identificados emprego de violência ou grave ameaça, o caso foi autuado como importunação sexual e furto simples. Por isso, a Justiça arbitrou fiança de R$ 3,5 mil.

A polícia disse ainda que entrou em contato com a vítima, solicitando na colaboração na identificação de outras mulheres. Mas, a vítima informou que outras mulheres não apresentaram interesse em formalizar os casos. Mesmo assim, outras diligências serão realizadas ao longo da semana acerca para identificar outros possíveis crimes feitos pelo homem.


Leia também
Publicidade