Siga o Jornal de Brasília

Na Hora H!

Mulher é presa por ajudar marido a estuprar a filha para manter o relacionamento

A vítima foi abusada por cinco anos, e obrigada a tatuar o nome do suspeito no braço. O homem segue foragido da polícia

Publicado

em

PUBLICIDADE

Da Redação
redacao@grupojbr.com

Suspeita de permitir que sua filhas de 13 anos, fosse vítima de estupros praticados pelo padrasto, uma mulher de 33 anos foi presa em Maués, interior do Amazonas.

A vítima foi abusada por cinco anos, e obrigada a tatuar o nome do suspeito no braço. O homem segue foragido da polícia.

Segundo relatos do conselho tutelar, a mãe usou a filha para reatar o relacionamento entre os dois. A mulher teve um caso com outro homem e pediu para voltar a qualquer preço. O estuprador então pediu a menina, que na época tinha 8 anos, como recompensa. Ainda segundo as autoridades, a mulher sempre ajudava no estupro, segurando e calando a vítima.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O Conselho Tutelar ainda acompanhou outros dois filhos da agressora, de 1 e 4 anos. As crianças devem passar por exames.

A agressora foi indiciada por estupro de vulnerável. O estuprador segue procurado pela polícia.


Você pode gostar
Publicidade
Publicidade
Publicidade