Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Na Hora H!

Mulher com tumor raro busca liberação para produzir canabidiol

Enquanto espera a decisão do juiz, Ana Paula depende de doações para comprar o remédio importado e recuperar os movimentos do corpo

Foto: Arquivo Pessoal/ Reprodução

Ana Paula Brandão, de 41 anos, foi diagnosticada com um tumor raro próximo da medula e depende de um medicamento feito a partir do canabidiol, o óleo extraído da maconha. Devido a isso, a mulher procura na Justiça o direito de cultivar e produzir o medicamento em casa.

A moradora de Camboriú, no Litoral Norte de Santa Catarina, relata que a doença a impede de ter uma vida normal. A condição impede, inclusive, que ela consiga ficar em pé ou sentada. Enquanto espera a decisão do juiz, Ana Paula depende de doações para comprar o remédio importado e recuperar os movimentos do corpo.

Eduardo Jack, de 43 anos, marido de Ana Paula, conta que os médicos receitaram o remédio para aliviar as dores provocadas pela doença. Ana Paulo relatou ao Portal G1 que o medicamento possibilita que ela possa viver novamente.

O casal conta que o remédio feito à base da planta da maconha é importado e custa cerca de R$ 18 mil ao mês. Em agosto de 2020, Ana Paula conseguiu a liberação da Anvisa para exportá-lo da Inglaterra. Desde então, estão em campanha para arrecadar o valor do remédio. Caso pudessem produzir o óleo, o custo mensal do medicamento não chegaria a R$ 1 mil.






Você pode gostar