fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Na Hora H!

Morte de menino vítima de doença meningocócica liga alerta em comunidade

Conforme a direção da Escola Municipal Abramo Pezzi, onde o jovem estudava, Theillor Martins Matos não apresentou nenhum sintoma enquanto estava na escola, inclusive fez aulas de educação física

Avatar

Publicado

em

PUBLICIDADE

Da Redação
redacao@grupojbr.com

A morte de um menino de 10 anos no último domingo (6), deixou Caxias do Sul, na serra gaúcha, em estado de alerta.

Conforme o Centro Estadual de Vigilância em Saúde (Cevs), devido à rápida evolução do caso, não foi possível coletar material (sangue ou líquido da medula) para análise do Laboratório Central do Estado (Lacen), responsável pelas confirmações da doença no estado. No entanto, a partir dos sintomas e a progressão rápida da doença, o diagnóstico foi positivo para infecção pela bactéria meningococo, ou seja, a doença meningocócica.

Theillor Martins Matos deu entrada no hospital em estado grave, conforme a Secretaria Estadual de Saúde. Conforme a direção da Escola Municipal Abramo Pezzi, onde o jovem estudava, Theillor não apresentou nenhum sintoma enquanto estava na escola, inclusive fez aulas de educação física.

A partir da notificação, a Secretaria Municipal de Caxias do Sul e o Cevs desencadearam medidas de controle e profilaxia na escola onde a criança estudava. Os colegas de turma receberão um tratamento preventivo com antibióticos no próximos dias. O mesmo será realizado junto aos familiares da criança que residiam no mesmo endereço. A escola suspendeu as aulas na última segunda-feira (7).

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Setes casos

Desde o início do ano, o Rio Grande do Sul já teve sete casos de morte por doenças meningocócicas, segundo a Secretaria Estadual de Saúde:

Uma em Canoas
Dois em São Leopoldo
Uma em Viamão
Uma em Alvorada
Uma em Santa Maria
Uma em Caxias do Sul


Leia também
Publicidade
Publicidade
Publicidade