Siga o Jornal de Brasília

Na Hora H!

Menino de nove anos deixa cabelo crescer por três anos e doa para mulher com câncer

Vídeo do menino doando o cabelo para paciente repercutiu nas redes sociais

Publicado

em

Publicidade

Da redação
redacao@grupojbr.com

Um menino de nove anos, de Cachoeirinha-RS, tomou a decisão de deixar o cabelo crescer desde os seis anos, com o objetivo de doá-lo para pessoas que passaram por quimioterapia. Nesta semana, um vídeo que mostra o encontro com a paciente que recebeu a doação viralizou nas redes sociais. 

https://www.instagram.com/p/B3w2D6MAxJS/

 

Luiz Felipe Gabe é filho de um sargento do Corpo de Bombeiros. A corporação lançou a campanha ‘Todos por Elas’, em que cerca de 40 bombeiros aderiram à iniciativa com o intuito de demonstrar a importância do apoio dos homens para as mulheres com o câncer.

Inspirado pelo pai, Leandro, o garoto decidiu deixar o cabelo crescer para doá-lo assim que chegasse ao comprimento ideal. Como revela o sargento, o filho se sentiu tocado pelas histórias de superação de pacientes que enfrentam sessões de quimioterapia e uma mudança drástica de aparência. 

Luiz não sabia para quem doaria o cabelo. O gesto altruísta era para qualquer mulher que precisasse do cabelo. Quem o aproximou a Kátia Regina Pereira, de 43 anos, foram os profissionais da estética onde cortava o cabelo e da Liga do Combate ao Câncer de Canoas-RS. 

Kátia teve o câncer de mama diagnosticado em 2017. Nesses dois anos, realizou 72 sessões de quimioterapia. Atualmente, a auxiliar administrativa aposentada administra o uso de morfina de quatro em quatro horas para lidar com a dor. 

O intenso tratamento quimioterápico que causou a queda total do cabelo. Ainda que não tenha perdido os seios, o choque com a mudança do aspecto capilar fizeram com que ela adotasse o uso de uma peruca.

A doação do menino é simbólica. O cabelo cortado ainda precisa ser processado a transformado em uma peruca. Ainda sim, Kátia dedica todos os méritos da repercussão do vídeo ao menino. 

O encontro deixou a criança muito emocionada. Luiz garante que, assim que puder, fará outras doações, seja de cabelo ou de tempo para dar atenção a pessoas em momentos difíceis.


Você pode gostar
Publicidade