fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Na Hora H!

Menino de 2 anos que sofreu traumatismo craniano após ser vítima de maus-tratos tem alta hospitalar

O parente que fez o acompanhamento durante toda a internação da criança tem preferência no processo de adoção

Avatar

Publicado

em

Foto: Divulgação
PUBLICIDADE

Uma criança, de 2 anos, que estava internada desde o dia 22 de julho, após ter sofrido traumatismo craniano e apresentar marcas de queimaduras de cigarro e fraturas nas costelas, recebeu alta hospitalar. A mãe e o padrasto do menino são os principais suspeitos de terem cometido os maus-tratos.

De acordo com o Conselho Tutelar, a vítima ficou internado na UTI da Santa Casa de Rondonópolis-MT e foi assistida por uma pessoa da família. O parente que fez o acompanhamento durante toda a internação da criança tem preferência no processo de adoção. Após receber alta, o menino deverá retornar para a sua cidade de origem.

O caso está sendo investigado como maus-tratos. A mãe perdeu a guarda da criança e segue presa, assim como o padrasto da vítima. A acusada foi levada para a Cadeia Pública Feminina do município e o padrasto para a Penitenciária da Mata Grande.




Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade