fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Na Hora H!

Mascote de vizinhança é encontrado esfaqueado e corre perigo de ficar cego

Um grupo de protetores de animais faz uma campanha para tentar arrecadar o dinheiro para pagar o tratamento

Avatar

Publicado

em

PUBLICIDADE

Da Redação
[email protected]

Amarelão, um cachorro que vive pelas ruas de Pires do Rio, Goiás, foi esfaqueado na cabeça e quase não sobreviveu ao ataque na madrugada da última terça-feira (12). O cachorro, mascote dos moradores e comerciantes da região, foi levado às pressas para um veterinário.

 O animal corre o risco de ficar cego. Um grupo de protetores de animais faz uma campanha para tentar arrecadar o dinheiro para pagar o tratamento. 

“Ele estava muito fraco, perdeu muito sangue, precisamos fazer uma transfusão. A facada pegou próximo do nervo do olho, então não sabemos se ele ficará cego ou não. Ele já tinha perdido a visão de um olho e, agora, corre o risco de perde do outro”, disse Adriana Luciana Mendonça, voluntária da Associação Protetora de Animais Abandonados (Aproaab).

Amarelão pesa cerca de 30 kg e aparenta ter entre 4 ou 5 anos de idade. O caso foi denunciado à Polícia Civil, para que seja investigado.

 

Os interessados em ajudar podem procurar as páginas Protetores da Vida, da Aproaab, nas redes sociais.




Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade