fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Na Hora H!

Mãe descobre pelo WhatsApp que filho morreu eletrocutado

Um cabo de alta tensão deixado exposto por trabalhadores da construção civil matou a criança, que tocou no fio e levou um choque de 13 mil volts

Aline Rocha

Publicado

em

PUBLICIDADE

Da Redação
[email protected]

Um cabo de alta tensão deixado exposto por trabalhadores da construção civil matou uma criança de 10 anos que tocou no fio e levou um choque de 13 mil volts. O caso aconteceu em uma área de edifícios residenciais, onde o menino havia chegado a pouco tempo, na Rússia.

A mãe da criança, Valentina, conta que ficou sabendo do acidente por meio de um grupo de WhatsApp criado por vizinhos. “Ninguém me disse. Eu vi o que aconteceu com meu filho pelo grupo. Nós nos mudamos para cá há cinco dias e ele não sabia nada sobre a área. Ele fez amizade com um menino e eles estavam brincando juntos”, afirmou a mulher ao site Mirror.

A polícia russa abriu um processo por negligência e, caso condenados, os responsáveis poderão ficar até 10 anos na prisão. De acordo com o Comitê de Investigação da Rússia, “foi estabelecido que a vítima pegou uma pilha de lixo de construção sob o qual havia um cabo elétrico de alta voltagem. Devido ao contato com o fio, ele morreu imediatamente no local do acidente”.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE



Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade