Siga o Jornal de Brasília

Na Hora H!

Mãe de homem que se vestiu de mulher para fazer prova de direção já reprovou 3 vezes

Ele foi indiciado por falsidade ideológica e tentativa de estelionato e passou a tarde e a noite da última terça-feira (10) na prisão

Aline Rocha

Publicado

em

PUBLICIDADE

Um homem foi preso por tentar se passar pela mãe e realizar uma prova prática do Departamento Estadual de Trânsito (Detran) de Nova Mutum Paraná, em Rondônia. Heitor Márcio Schiave, 43 anos, se vestiu de mulher e passou maquiagem no dia do exame. 

Segundo o G1, ele foi descoberto após uma das servidoras do Detran desconfiar que ele não se parecia com a foto do documento de identidade entregue ao departamento. Ele foi preso pela Polícia Militar da região enquanto fazia o exame. 

Heitor contou aos PMs que a mãe não estava da cidade e não sabia que o filho tinha tentado se passar por ela. Ele foi indiciado por falsidade ideológica e tentativa de estelionato e passou a tarde e a noite da última terça-feira (10) na prisão. 

Entretanto, a presidente da Comissão Avaliadora do Detran de Rondônia, Aline Mendonça, explicou que a mãe de Heitor reprovou no exame três vezes apenas em 2019. A funcionária do Detran contou, à Folha de S. Paulo, que ouviu a explicação do suspeito. “Ele disse que furtou os documentos da mãe, foi até a autoescola, imprimiu e pagou a taxa do reteste, sem ela saber de nada, que tudo foi planejado por ele mesmo. Acho que teve pena da mãe ter reprovado três vezes”, disse.

“Achei que ela estava embriagada, em um primeiro momento. Como tinha muita gente para avaliar, deixei ela por último. Quando percebi que a aluna na verdade era um homem, resolvi dar andamento normal na prova e esperar que a Polícia Militar tomasse as providências”, disse Aline.


Leia também
Publicidade
Publicidade
Publicidade