fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Na Hora H!

Jovem tem parte do dedo amputada após ser picado por aranha armadeira

Jovem foi picado no dia 1° de outubro enquanto limpava um terreno na cidade de Mongaguá-SP

Avatar

Publicado

em

Foto: Arquivo pessoal
PUBLICIDADE

Um jovem, de 29 anos, que foi picado no dedo por uma aranha precisou amputar metade do membro após uma semana de internação. Devido à gravidade do ferimento, Danilo Freitas Cutolo foi internado em 12 de novembro, 42 dias após o acidente.

Danilo foi atacado por uma aranha armadeira (Phoneutria nigriventer). A espécie costuma ser bastante agressiva e é encontrada na América do Sul, no interior de residências, quintais e jardins.

Foto: Arquivo Pessoal

A mãe da vítima, Maria de Fátima Freitas, relatou ao Portal G1 que o filho se feriu enquanto limpava um terreno na cidade de Mongaguá-SP, no dia 1º de outubro. Um dia após o acidente, Danilo já havia começado a se queixar de dores e inchaço na região onde foi picado.

O jovem foi encaminhado até a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Samambaia e foi liberado após o médico receitar antibióticos. No entanto, mesmo com a medicação, o estado de saúde de Danilo continuou a piorar.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A mãe contou ainda que levou Danilo para o hospital Irmã Dulce, no entanto, ela foi informada que seriam necessários três meses para transferirem o paciente.

Posteriormente, Maria entrou em contato com a Secretaria de Saúde do município e conseguiu a internação de Danilo no hospital, onde deu entrada no dia 4 de novembro. Na unidade, o rapaz recebeu medicação, passou por exames de sangue e eletrocardiograma. No entanto, ele recebeu alta no dia 5. Em casa, ele ainda se queixava de dores e a necrose continuava a avançar, conforme relatou a mãe.

Em 12 de novembro, ele voltou ao hospital, 42 dias após o acidente, onde passou por um procedimento para amputar parte do membro.




Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade