fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Na Hora H!

Jovem morre ao manusear granada em área de treinamento do Exército

O artefato explodiu matando Nathan na hora e ferindo um colega dele, que foi levado pelo Exército para o Hospital da Vila Militar

Lindauro Gomes

Publicado

em

PUBLICIDADE

O adolescente Nathan Leandro da Silva Lopes, de 15 anos, morador de Nilópolis, na Baixada Fluminense, morreu ontem (23) no final da tarde, quando em companhia de dois amigos caminhava no Parque de Gericinó, e entrou na área do Campo de Instrução de Gericinó, uma área de treinamento do Exército, com placas indicando o acesso proibido.

Natahan e os dois amigos encontraram um artefato explosivo no solo. Nathan pegou o explosivo na mão e começou a manuseá-lo. A granada explodiu matando Nathan na hora e ferindo um colega dele, que foi levado pelo Exército para o Hospital da Vila Militar.

Em nota, o Comando Militar do Leste (CML) informou que a área é destinada à instrução militar, incluindo tiro com armamento pesado, granadas e explosivos. Seu acesso possui sinalização de advertência, alertando para a proibição e o perigo da transposição. “Durante o deslocamento pela área, os menores encontraram artefatos militares. Ao removerem indevidamente os artefatos do solo e efetuarem a sua manipulação, um deles veio a explodir. A onda explosiva feriu mortalmente um deles e infligiu ferimento de menor gravidade em outro. O terceiro menor nada sofreu”.

O comunicado diz ainda que a Polícia do Exército foi acionada para realizar a perícia no local. O adolescente ferido foi levado para o Hospital da Vila Militar, onde foi medicado e passa bem.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Nathan morava no bairro Nossa Senhora de Fátima e era aluno da Escola Municipal Mikhail Jarjous, em Nilópolis, onde cursava a 7ª fase do Ensino Fundamental.


Leia também
Publicidade
Publicidade
Publicidade