fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Na Hora H!

Jovem de 24 anos pode ter se casado com prima de 81 para não servir ao Exército

Alexander Kondratyuk garante que se casou com a mulher, portadora de deficiência, por uma forte afeição e negou que está fugindo do dever militar

Aline Rocha

Publicado

em

PUBLICIDADE

Da Redação
redacao@grupojbr.com

Está sendo investigado pelas autoridades se um jovem de 24 anos casou com a prima de 81 para fugir do serviço militar obrigatório na Ucrânia. De acordo com as investigações, Alexander Kondratyuk garante que se casou com a mulher, portadora de deficiência, por uma forte afeição e negou que está fugindo do dever militar. 

Homens casados com mulheres portadoras de deficiência, na Ucrânia, são dispensadas do serviço militar obrigatório. Questionado por jornalistas, a mulher, Zinaida Illarionovna afirmou que ele é cuidadoso e bom marido. Entretanto, vizinhos dizem que o homem nunca esteve na região. 

Uma testemunha disse que a senhora morava sozinha e que o único sinal do casamento era o certificado que trazia sempre consigo para mostrar ao recrutamento que aparece de quando em vez na área à procura de novos militares.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE



Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade