Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Na Hora H!

Imigrante morre após abordagem policial nos EUA

Policiais algemaram a vítima e colocaram os joelhos sobre suas costas e na lateral de seu pescoço por cerca de 5 minutos

Foto: Reprodução

Uma equipe de policiais foi acionada para conter o imigrante filipino Angelo Quinto, de 30 anos. Durante a abordagem, um dos agentes pressionou as costas do rapaz com os joelhos, por quase cinco minutos. Angelo precisou ser socorrido e veio a óbito após três dias de internação.

Segundo a defesa da vítima, Angelo estava sofrendo com ansiedade, depressão e paranoia nos últimos meses. No dia 23 de dezembro, o rapaz teria se descontrolado e a irmã dele, Isabella Collins, chamou a polícia para contê-lo. A jovem relatou que temia pela segurança da mãe.

A equipe de policiais chegou ao local e imobilizou Angelo. Eles o algemaram e colocaram os joelhos sobre suas costas e na lateral de seu pescoço. Parte da abordagem foi filmada por Maria Quinto-Collins, mãe de Angelo. Em determinado momento, ela notou que o filho havia desmaiado e questionou o que havia acontecido com o rapaz.

Na sequência, a vítima foi virada de barriga para cima. Angelo estava com o rosto coberto de sangue e foi transportado para uma maca, onde foi realizada uma manobra de ressuscitação.

O homem foi levado ao hospital local, mas acabou morrendo três dias após a internação. O caso é investigado pelo procurador distrital, que irá determinar a causa da morte.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE






Você pode gostar