Siga o Jornal de Brasília

Na Hora H!

Homem suspeito de matar mulher na frente dos filhos é preso

O crime ocorreu no apartamento onde a vitima, Maria José Silva dos Santos, de 23 anos, morava, no bairro Conquista, em Rio Branco

Publicado

em

Publicidade

Da Redação
redacao@grupojbr.com

Suspeito de matar a facadas a companheira na frente dos dois filhos, o jovem Willyan Cordeiro da Silva, de 20 anos, foi preso nesta sexta-feira (08). O crime ocorreu no apartamento onde a vitima, Maria José Silva dos Santos, de 23 anos, morava, no bairro Conquista, em Rio Branco.

O delegado Cristiano Bastos, da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), informou que Silva foi preso, na noite de quarta-feira (6), em um hotel na região do Centro da capital acreana, Rio Branco.

“Nós já estávamos acompanhando ele, porque já tinha a confirmação de que era o autor. Representei ao Poder Judiciário pela prisão dele e assim que saiu o mandado, fomos lá cumprir. Ele confessou o crime, disse que estava tendo problema durante o relacionamento, acreditava que estava sendo traído pela mulher e alega que no momento do crime teve um surto, pegou a faca e matou ela, mas não recorda como foi”, afirmou o delegado.

No dia do crime, o Centro Integrado de Operações em Segurança Pública (Ciosp) informou que Silva invadiu o apartamento da vítima e desferido os golpes contra ela. Em seguida, equipes da Polícia Militar e do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência foram acionadas, mas a mulher já estava sem vida.

Enquanto a polícia fazia a perícia, o suspeito chegou a ligar para a irmã da vítima para saber como Maria estava. Na ligação, ele justificou o crime para a cunhada dizendo que agiu porque estaria sendo traído pela mulher.

O delegado informou que a faca usada no crime também foi apreendida pela polícia na quinta (7) após o suspeito informar a localização. Segundo ele, Silva deve ser encaminhado ao Presídio Francisco D’Oliveira Conde nesta sexta-feira (8), após passar por audiência de custódia.


Você pode gostar
Publicidade
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *