Siga o Jornal de Brasília

Na Hora H!

Homem que trabalhava em clubes de futebol é preso por abuso sexual

Ele foi condenado e estava foragido desde 2016

Publicado

em

PUBLICIDADE

Da redação
redacao@grupojbr.com

Um homem de 57 anos, que trabalhava em clubes de futebol, foi preso nesta terça-feira (12), por abuso sexual contra jovens. De acordo com a polícia, ele é ex-coordenador das categorias de base do Grêmio, foi condenado a uma pena de nove anos de reclusão e estava foragido desde outubro de 2016.

Ainda de acordo com a polícia, o homem trabalhou no clube até 2010, quando foi demitido durante as investigações. A denúncia foi feita pela mãe de um jovem de 14 anos. A polícia informou que ele fazia a atividade de caçar talentos. O crime teria ocorrido quando ele exercia o cargo, entre 2008 e 2009. 

Em 2018, uma equipe da polícia descobriu que o acusado, mesmo condenado, continuava trabalhando na área, em um clube de Ciudad Del Este, no Paraguai. A polícia foi atrás dele, mas ele fugiu. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

No mês passado, os policiais descobriram que o homem estaria trabalhando em um time na cidade de Lages-SC. Mais uma vez, o acusado conseguiu fugir com a chegada da polícia. Nesta terça-feira, a polícia desconfiou que ele poderia estar escondido na casa de um familiar, em Balneário Pinhal, onde foi encontrado. 

Após ser localizado em Pinhal, o preso do conduzido ao Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic), para a realização de formalidades legais. Depois, ele foi levado para a carceragem do Deic, onde aguarda vaga no sistema penitenciário.


Você pode gostar
Publicidade
Publicidade
Publicidade