Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Na Hora H!

Homem que matou companheira grávida e enteada é encontrado morto na prisão

As autoridades aguardam o laudo do Instituto de Medicina Legal (IML), mas as suspeitas são de que o criminoso tirou a própria vida

Foto: Reprodução

Um detido foi encontrado morto dentro da cela do presídio de Aparecida de Goiânia, na madrugada desta terça-feira (18). O homem de 21 anos estava preso por assassinar a mulher grávida de 4 meses, a enteada, de 2 anos e 9 meses, e outro indivíduo.

Wanderson Mota Protácio foi preso em 4 de dezembro de 2021, quando se entregou para a polícia e prestou depoimento na 3ª Delegacia Regional de Anápolis. Na época, foi conduzido ao presídio da mesma cidade, onde aguardava julgamento.

Nesta terça, os policiais penais da unidade prisional encontraram Wanderson sem vida. As autoridades aguardam o laudo do Instituto de Medicina Legal (IML), mas as suspeitas são de que o criminoso tirou a própria vida.

Crime macabro

Wanderson, a namorada, Raniere Aranha, e a enteada, Geysa Aranha, passaram o dia inteiro na casa da sogra, no centro de Corumbá. No fim da tarde, o casal e a criança voltaram para sua residência, em uma fazenda distante cerca de 25km.

Na noite do dia 28 de novembro, Wanderson usou um facão para assassinar a mulher grávida e a enteada.

Após o crime, o homem trancou a porta da casa, foi até uma propriedade vizinha, furtou um revólver com seis munições e em uma outra residência, atirou na cabeça de Roberto Clemente de Matos. Wanderson ainda tentou estuprar a esposa de Roberto e atirou contra o ombro da vítima.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE








Você pode gostar