Siga o Jornal de Brasília

Na Hora H!

Homem é preso suspeito de matar e estuprar idosa

O detento foi transferido ao sistema prisional indiciado por estupro e latrocínio

Publicado

em

PUBLICIDADE

Da Redação
redacao@grupojbr.com

Felipe da Silva Rocha, principal suspeito de estuprar e matar Ângela Cortez de Morais, de 68 anos, foi preso nesta terça-feira (12).

De acordo com a diretora do Departamento de Polícia Metropolitana de Porto Velho, o crime aconteceu no dia 10 de agosto no distrito de Abunã, que fica a 216 km da área urbana de Porto Velho.

Felipe tem 20 anos e foi preso no Km 70 da BR-319, no munício de Canutama (AM), a 161 km da capital rondoniense. A polícia obteve informações do paradeiro do homem e conseguiu prendê-lo por volta de 10h.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O detento foi transferido ao sistema prisional indiciado por estupro e latrocínio.

Na noite do crime, a idosa havia chamado o avô do suspeito para ver a casa dela, pois teria ouvido barulhos no lado de fora residência. O homem foi ao local, fez uma ronda, mas disse à vítima que não tinha nada no local. Depois da afirmação do vizinho, Ângela foi dormir, por volta das 22h.

Mais tarde, na mesma noite, o avô do suspeito retornou na casa de Ângela e a chamou, mas ela não respondeu. Ele então avisou a uma sobrinha da vítima que foi ao local e encontrou a casa trancada.

Logo depois a sobrinha percebeu que a tela de uma das janelas estava aberta. Ela entrou no imóvel e encontrou a vítima caída no chão, despida até a altura da cintura, em posição de parto e sem vida.

Segundo as autoridades, a vítima recebia uma pensão mensal e a aposentadoria, que chegava a R$ 2 mil. No entanto, na casa da Ângela foi encontrado cerca de R$ 200 em uma bolsa.

Com o material genético coletado nas parte intimas da vítima, a polícia conseguiu chegar até Felipe da Silva Rocha.


Você pode gostar
Publicidade
Publicidade
Publicidade