fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Na Hora H!

Homem é preso por vender “cura para coronavírus”

Além de mentir sobre o novo coronavírus, o rótulo do frasco também informava que o remédio combatia HIV, pneumonia, gripe, herpes e malária.

Avatar

Publicado

em

PUBLICIDADE

Nesta segunda-feira (23), a Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) prendeu um homem, de 38 anos, em flagrante. Ele estava comercializando medicamentos para a “cura do novo coronavírus”. O caso aconteceu na cidade de Ipanema, na região do Rio Doce. 

A medicação “Imunotex Plus” custava R$ 30 e podia ser comprada online ou até via WhatsApp. O homem divulgava a medicação nas redes sociais junto ao link para compra. 

Na casa do rapaz a Polícia encontrou uma quantidade considerável de produtos já embalados e prontos para a venda. Além disso, garrafas com produtos para serem ensacados, embalagens vazias, plantas, rótulos, comprovantes de postagem nos Correios, dinheiro, computador, impressora, entre outros foram encontrados. 

Além de mentir sobre o novo coronavírus, o rótulo do frasco também informava que o remédio combatia HIV, pneumonia, gripe, herpes e malária.

A embalagem indicava uma dosagem de 20 gotas em uma determinada dose de água, que deveria ser administrada de oito em oito horas.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O homem foi levado à delegacia e é suspeito por cometer crime de falsificação, corrupção, adulteração ou alteração de produto destinado a fins terapêuticos ou medicinais. 

Ainda não foi encontrada uma cura para a Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus.


Leia também
Publicidade
Publicidade
Publicidade