Siga o Jornal de Brasília

Na Hora H!

Homem é preso por ameaçar Simone e Simaria nas redes sociais

Ele é usuário de drogas há 20 anos e tem antecedentes criminais

Letícia Perdigão

Publicado

em

PUBLICIDADE

Da redação
redacao@grupojbr.com

Um homem foi preso nesta segunda-feira (11) suspeito de ameaçar a dupla Simone e Simaria nas redes sociais. Ele tinha um mandado de prisão preventiva pelos crimes de ameaça e injúria. 

De acordo com a assessoria da dupla, após “graves ataques sofridos pelas artistas em suas respectivas redes sociais” e para preservar a “integridade física das cantoras e seus familiares, levou a questão ao conhecimento das autoridades públicas para os devidos fins  e providências. 

De acordo com o delegado responsável pelo caso,  o homem foi preso em Novo Hamburgo-RS, em casa, onde morava com a esposa e dois filhos. Há cerca de dois anos, ele começou a ameaçar a dupla. 

O delegado conta que ele diz que a família delas seria responsável por ele quase ter morrido, em 1996, mas não explicou o motivo. O homem diz também, que sofreu um atentado a tiros e foi preso no interior do Mato Grosso do Sul, saiu de lá e voltou para o Rio Grande do Sul. Como disse que conhecia elas, resolveu as ameaçar pedindo que elas o ajudassem. 

A urgência no cumprimento do mandado se acentuou nesta semana porque, em uma postagem, o homem citava o show de Simone e Simaria no Estádio Beira Rio, em Porto Alegre, no dia 14 de dezembro.

“Estão esperando terminar aquilo que a família delas começou lá no Mato Grosso do Sul. Isso mostra o quanto são covardes”, escreveu, em um post no Instagram. No seguinte, publicou uma foto das irmãs.

Ainda de acordo com o delegado, o suspeito é usuário de drogas e tem diversos antecedentes criminais. A suspeita pela fragilidade emocional do suspeito se deve ao fato de que a maioria das informações prestadas por ele são desencontradas. O delegado diz que, em depoimento informal, o homem clama ser a inspiração de algumas músicas da dupla.

O homem foi encaminhado para o sistema prisional gaúcho e aguarda resposta do JEC de Santana de Parnaíba para saber onde permanecerá detido. Como está preso preventivamente, não tem data para que seja posto em liberdade.


Leia também
Publicidade
Publicidade
Publicidade