fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Na Hora H!

Homem confessa ter matado mulher após discussão

Inicialmente, acreditavam que a morte tinha sido natural mas, após exame no corpo da vítima, constatou o assassinato

Aline Rocha

Publicado

em

PUBLICIDADE

Da Redação
[email protected]

Nessa segunda-feira (18), Odair José de Oliveira, 32 anos, confessou ter matado a esposa, Maria José, 46 anos, na última quinta-feira (14). Ela foi encontrada dentro de casa com marcas de violência nos braços, nas pernas e no pescoço. 

O óbito foi constatado pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), no Acre. Inicialmente, acreditavam que a morte tinha sido natural mas, após exame no corpo da vítima, constatou o assassinato. 

O delegado da Delegacia da Mulher (Deam), Alexnaldo Batista, contou que o suspeito se entregou no final da manhã desta segunda, confessou o crime, mas não deu detalhes. “Ele relata que o casal teve uma briga e que, nesse momento, agrediu a vítima. Ele só alega que agrediu ela, mas não dá os detalhes de como foi que a matou. O laudo ainda não saiu, mas tive a informação do médico que ele realmente estrangulou a mulher e a agrediu, porque tem várias marcas pelo corpo, mas ele não a estuprou”, explicou Batista ao descartar o abuso sexual, que chegou a ser levantado inicialmente, ao G1.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O suspeito foi ouvido pelo delegado e indiciado por feminicídio. Batista disse ainda que o suspeito, apesar de estar nervoso, não demonstrou arrependimento de ter matado a mulher.

“Ele não quer falar detalhes. Está nervoso, aparenta estar muito abalado, mas não com a situação da morte, mas por ter sido preso. De ter matado a mulher, ele não aparenta remorso algum”, finaliza.




Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade