Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Na Hora H!

Holanda: profissionais do sexo voltam à ativa

De acordo com o ministro, a vacinação fez a pressão nos hospitais cair e assim algumas atividades podem ser retomadas gradativamente

Imagem ilustrativa

Nesta segunda-feira (17), o ministro da Saúde da Holanda, Hugo de Jonge, comunicou que os profissionais do sexo voltarão a trabalhar no país. O aviso foi dado após a publicação de medidas menos restritivas contra a Covid-19.

De acordo com o ministro, a vacinação fez a pressão nos hospitais cair e assim algumas atividades podem ser retomadas gradativamente.

A prostituição e legal na Holanda e os profissionais tem todo o apoio do Estado para desempenhar o trabalho. Porém as atividades foram interrompidas com a chegada da pandemia.

Em março, os profissionais foram às ruas para protestar sobre alguns estabelecimentos estarem abertos e eles parados. Para eles, as autoridades permitiam que “negócios de contato” reabrissem.

Durante a quarentena, o governo da Holanda deu apoio financeiro limitado aos profissionais do sexo.

As infecções de coronavírus caíram mais de um quarto no país neste mês depois de atingirem os níveis mais altos do ano em abril.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE






Você pode gostar