Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Na Hora H!

Garoto baleado na cabeça no Rio tem morte cerebral

Na sexta-feira (16), a polícia foi acionada e constatou que “um menor de 8 anos havia sido atingido na cabeça por disparo de arma de fogo”

Foto: reprodução/redes sociais

Na tarde da última sexta-feira (16), Kaio Guilherme da Silva Baraúna, de 8 anos, foi atingido na cabeça por uma bala perdida em Vila Aliança, Bangu, Zona Oeste do Rio. A criança foi levada para o hospital Municipal Albert Shweitzer e operada em uma cirurgia. Na manha desta segunda-feira (19), foi constado que Kaio teve morte cerebral.

Na sexta-feira (16), a polícia foi acionada e constatou que “um menor de 8 anos havia sido atingido na cabeça por disparo de arma de fogo”. A mãe de Kaio, Thaís Silva, de 29 anos, contou que os dois estavam em uma festa infantil com cerca de 30 crianças e outros três adultos, professores iguais a ela.

Kaio estava na fila da pintura de rosto quando caiu no chão com a cabeça sangrando. Thais descartou a hipótese de que o filho teria sido empurrado por algum colega. Segundo a direção do hospital, a criança chegou à unidade em parada cardiorrespiratória e foi reanimada.

Kaio era um menino alegre, agitado e gostava muito de futebol, de acordo com a mãe. Ele morava com os pais em uma casa nos fundos da casa de seus tios e avós.

A Polícia Civil do Rio de Janeiro ainda está investigando de onde partiu o disparo.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE






Você pode gostar