fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Na Hora H!

Garota de 10 anos sofria abusos de padrasto e sua mãe encobria o companheiro

O homem, Antônio Marlilson Rodrigues Gomes, começou a abusar sexualemnte da vítima quando a mesma tinha cinco anos de idade

Avatar

Publicado

em

PUBLICIDADE

No último domingo (14), policiais civis da Delegacia de Polícia (DIP) de Eirunepé, cidade do interior do Amazonas, mas que fica mais perto de Rio Branco no Acre, prenderam um homem, de 30 anos, acusado de estupro de vulnerável. A ação ocorreu sob o comando da delegada-geral Emília Ferraz e coordenação do investigador Gonzaga Júnior, responsável pela unidade policial da cidade. 

O homem, Antônio Marlilson Rodrigues Gomes, começou a abusar sexualemnte da vítima quando a mesma tinha cinco anos de idade, segundo o investigador Gonzaga. 

Mas em 2018, quando a vítima tinha 10 anos, escreveu uma carta para avó, onde contava o que sofria e revelava, inclusive, que a mãe sabia e não tomava nenhuma atitude para proteger a filha do abusador. 

“A avó paterna foi quem fez a denúncia na Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente (DEPCA). Depois de saber da denúncia, a mãe e o padrasto se invadiram da capital e foram morar na zona rural de Eirunepé”, disse Gonzaga.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A ordem de prisão ocorreu no dia 18 de outubro de 2018, e desde então o homem estava foragido.


Leia também
Publicidade
Publicidade
Publicidade