fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Na Hora H!

‘Gambiarra’ elétrica mata pessoa que tocou em portão de prédio em reforma

A Secretaria de Segurança Pública do Maranhão informou que um vigia, que não teve a sua identidade revelada, foi preso em flagrante após admitir que ele havia eletrificado ilegalmente o portão e o tapume da obra com um material condutor de corrente elétrica

Avatar

Publicado

em

PUBLICIDADE

Uma pessoa morreu após uma descarga elétrica ocasionada por uma ligação elétrica clandestina, na madrugada desta segunda-feira (24), em São Luís, no Maranhão.

De acordo com as autoridades, a vítima estava transitando pela Rua Parque 15 de Novembro, situada na área central da capital, quando levou a descarga elétrica após tocar no portão de um prédio que passa por uma reforma.

A Secretaria de Segurança Pública do Maranhão informou que um vigia, que não teve a sua identidade revelada, foi preso em flagrante após admitir que ele havia eletrificado ilegalmente o portão e o tapume da obra, que são de zinco, com um material condutor de corrente elétrica. Ele foi preso em flagrante e conduzido à delegacia.

Leia a íntegra da nota

“A polícia prendeu em flagrante, nesta segunda-feira (24), o vigia responsável pela ligação elétrica ilegal em um prédio na Rua Parque 15 de Novembro, fora do circuito de carnaval da Beira Mar, que levou à morte de uma mulher, identificada como Maria de Fátima Boaes Pinheiro. O prédio, da Junta Comercial, passa por reforma conduzida pelo Iphan, que contratou a empresa privada RG Verde. O vigia trabalha para essa empresa. O funcionário, que apresentava sintomas de embriaguez ao ser abordado pela polícia, eletrificou ilegalmente o portão e o tapume da obra, que são de zinco, um material condutor de corrente elétrica. O vigia admitiu ter feito a ligação ilegal, que foi encontrada pela polícia. Ele foi preso em flagrante e conduzido à delegacia”.


Leia também
Publicidade
Publicidade
Publicidade