fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Na Hora H!

Funcionário é xingado ao vistoriar hidrômetro na casa de idosa: ‘Não põe a mão, você é um negro, tição’ 

Idosa foi presa e passou uma noite na delegacia

Lindauro Gomes

Publicado

em

PUBLICIDADE

Da redação
redacao@grupojbr.com

Uma mulher de 61 anos foi presa em flagrante por discriminar um agente de saneamento, de 40 anos. A idosa passou a noite na cadeia e foi indiciada pelo crime de injúria racial. A empresa em que o funcionário trabalha emitiu uma nota de repúdio, nesta quinta-feira (5) e informou que está dando a ele todo suporte jurídico e psicológico. 

Segundo a ocorrência, o funcionário recebeu uma ordem de serviço, na qual deveriam ir até um imóvel e verificar a rede de esgoto e hidrômetro, com suspeita de fraude. A dupla chegou ao local e a senhora estava muito alterada. Os funcionários disseram a ela que precisavam vistoriar o equipamento, quando ela questionou o motivo da vistoria e disse que chamaria a polícia. A vítima, de 40 anos, teria dito a ela que poderia chamar a polícia. 

Ainda conforme o registro policial, a idosa apontou o dedo para ele e falou: “Seu negro, você não vai por a mão no meu hidrômetro, você é um negro!”. O funcionário ressaltou que a mulher repetiu a mesma palavra, diversas vezes, e por isso ele gravou pelo celular. O vídeo foi encaminhado para a polícia.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A vítima também ressaltou que no teor do vídeo consta o momento em que a idosa o expulsou do imóvel, além de chamá-lo de tição, deixando que somente o companheiro dele permanecesse na casa. O marido e os filhos dela presenciaram a cena e a pediram para parar de xingar. 

Uma viatura foi até o local e levou os envolvidos para a delegacia. O delegado responsável pelo caso informou que a idosa foi colocada em liberdade após passar uma noite na cadeia e foi indiciada por crime de injúria racial. O caso ocorreu em Campo Grande-MS. 


Leia também
Publicidade
Publicidade
Publicidade