Siga o Jornal de Brasília

Na Hora H!

“Fui trair meu marido polícia deu nisso”, afirma post de mulher morta. PM é suspeito

O marido dela, sargento Glaysson de Souza Costa, 46 anos, está desaparecido desde o dia do assassinato

Publicado

em

Publicidade

A mulher de um sargento da Polícia Militar de Minas Gerais (PMMG) foi encontrada morta dentro de casa, no bairro Gávea, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, na noite dessa segunda-feira (4). Patrícia Salviano de Irrthum foi baleada na cabeça, na nuca e no peito. 

Segundo a PM, momentos depois do assassinato foram feitas postagens no status do WhatsApp dela. Uma delas dizia “Fui trair meu marido polícia deu nisso”. 

O marido dela, sargento Glaysson de Souza Costa, 46 anos, está desaparecido desde o dia do assassinato. Fotos do corpo dela e dizeres que incriminam o marido foram publicados mas, segundo o porta-voz da PM ao G1, é preciso esperar a apuração.

Costa é lotado no 16º batalhão da PM, que fica em Belo Horizonte, e estaria de licença médica.


Você pode gostar
Publicidade
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *