Menu
Na Hora H!

Filhote de serpente naja desaparece de laboratório do Instituto Butantan

Em nota, o Instituto Butantan informou que o animal estava no Laboratório de Herpetologia, que fica distante da área de visitação pública, composta pelo Parque da Ciência e por museus

Redação Jornal de Brasília

22/05/2024 10h33

Foto: Reprodução/TV Globo

Um filhote de serpente naja desapareceu de um laboratório do Instituto Butantan, centro de pesquisa científica e produção de soros antiofídicos e vacinas localizado no bairro do Butantã, na zona oeste da capital paulista. O sumiço foi constatado há três semanas, mas a notícia só foi divulgada nesta terça-feira, 21.

Em nota, o Instituto Butantan informou que o animal estava no Laboratório de Herpetologia, que fica distante da área de visitação pública, composta pelo Parque da Ciência e por museus. O laboratório é frequentado apenas por profissionais e pesquisadores, segundo a instituição.

“O Instituto Butantan possui um plano de contingência para esses casos, que foi acionado e está atuando, inclusive com uma apuração interna em andamento”, afirma em nota.

Câmeras de segurança foram checadas, diz a instituição, e nenhuma imagem da cobra fora do laboratório foi localizada. Por isso, segundo o Butantan, a hipótese mais provável é que o animal tenha entrado no ralo existente dentro do laboratório, passado para o encanamento e morrido.

Por segurança, foram instaladas armadilhas no entorno do laboratório, mas não houve nenhum resultado. O Instituto Butantan informou ainda que dispõe de soro contra o veneno da serpente.

Estadão Conteúdo

    Você também pode gostar

    Assine nossa newsletter e
    mantenha-se bem informado