Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Na Hora H!

Esposa e filho de gerente de banco, sequestrados, são encontrados pela polícia

A polícia localizou a esposa e o filho de um gerente de um banco, em uma estrada nas proximidades do município

Foto: Reprodução/ PMMG

No início da manhã desta quarta-feira, 11, a polícia localizou a esposa e o filho de um gerente de um banco, em uma estrada nas proximidades do município. Elas foram sequestradas em Carbonita, no Vale do Jequitinhonha.

Segundo o tenente Lívio Louzada, a mulher, que está grávida de cinco meses, e o adolescente, de 14 anos, foram deixados amarrados em uma plantação de eucalipto na madrugada de terça-feira, 10, e ambas passam bem.

“A mulher estava amarrada só pelas mãos e não saiu antes para pedir socorro com medo dos marginais voltarem. Ela não conseguiu soltar o enteado e hoje pela manhã, ela saiu do local e andou até às margens da MG-451, onde pediu ajuda para um motorista e avisou que o enteado estava amarrado”, afirmou o tenente.

A PM foi chamada por populares que perceberam a movimentação às margens da rodovia. Quando os policiais chegaram, o adolescente já havia sido desamarrado pelo motorista.

As vítimas foram levadas para o hospital de Carbonita, onde passaram por avaliação médica sendo liberadas.

Sequestro e buscas

As buscas pela família começaram no fim da manhã de terça,10, assim que a PM foi comunicada sobre o crime. A ação contou com policiais civis da divisão anti-sequestro da Polícia Civil de Belo Horizonte, policiais militares de Itamarandiba e Capelinha, além de um helicóptero da PM que saiu de Montes Claros.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

De acordo com informações da Polícia Militar, o gerente e a família foram rendidos em casa no início da noite da última segunda-feira, 9. A esposa e o filho do gerente foram colocados em um carro e retirados do imóvel.

Um dos criminosos ficou com o homem até a manhã de terça,10, quando ele foi até o banco para retirar o dinheiro que seria dado em troca da liberação de sua família, esse tipo de crime é popularmente conhecido como “sapatinho”, que é a extorsão mediante sequestro.

As buscas pelos criminosos continuam e até o momento, ninguém foi preso.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE








Você pode gostar