Siga o Jornal de Brasília

Na Hora H!

Durante anúncio de promoção relâmpago em supermercado, idosa é derrubada e fratura o ombro

Locutor da unidade anunciou que iria distribuir vale-compras. A partir daí, os clientes começaram a correr pelo local, e um deles derrubou a vítima no chão

Publicado

em

Publicidade

Da redação
redacao@grupojbr.com

Uma idosa de 79 anos teve uma fratura no ombro esquerdo ao ser derrubada dentro de um supermercado, durante o anúncio de uma promoção relâmpago na unidade. A vítima, Marlly de Carvalho, terminava de fazer compras com uma neta, quando um locutor anunciou que iria distribuir vale-compras de graça e vários clientes começaram a correr.

“Veio um rapaz muito ligeiro, como muita pressa, me empurrou, e eu caí, bati o ombro no chão”, contou a idosa, ao portal G1. Marlly sofreu um corte perto do cotovelo e foi amparada ainda na unidade, como mostra a imagem abaixo:

Vítima segura um papel no braço para estancar o sangue que saía do corte. Foto: Reprodução/TV Anhanguera

Demora para assistência

O acidente aconteceu em Goiânia, no último domingo (6). A família da vítima, entretanto, reclama de que o supermercado só entrou em contato dois dias depois, na última terça-feira (8). Enviaram à Marlly uma mensagem de texto se colocando à disposição para o que fosse preciso. Para a idosa, ação insuficiente. “Eu não sei o que é deitar e dormir por duas noites. Passei em claro, com dor, tomando remédio sem parar para a dor. Muita dor”, relatou.

O Corpo de Bombeiros foi quem realizou o transporte da vítima a uma unidade de saúde. O médico que atendeu Marlly afirmou que a fratura deixará sequelas e limitará os movimentos.

A Comissão de Direito do Consumidor da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) diz que o supermercado tem total responsabilidade pelo que acontece no estabelecimento.


Você pode gostar
Publicidade