fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Na Hora H!

Desaparecida há 4 dias, dentista é encontrada morta em área de mata

Último sinal emitido pelo celular da vítima foi às 5h32 de domingo, no entanto, o aparelho não foi encontrado

Avatar

Publicado

em

Foto: Divulgação / Polícia Civil
PUBLICIDADE

O corpo da dentista Bárbara Machado Padilha, de 32 anos, foi encontrado nessa quarta-feira (14), em uma área de mata. Ela estava desaparecida desde o sábado (10). O Instituto Geral de Perícia deve confirmar a causa da morte. Inicialmente, a polícia cogita a hipótese de suicídio.

De acordo com a polícia, o corpo foi encontrado em Santa Maria, na Região Central do Rio Grande do Sul, próximo de onde foram realizadas as buscas. Bárbara apresentava marcas de arranhão que possivelmente foram causadas pelos galhos. O último sinal emitido pelo celular da vítima foi às 5h32 de domingo, no entanto, o aparelho não foi encontrado.

Foto: Divulgação/IGP

Bárbara foi vista pela última vez no sábado (10). A dentista era moradora de  Tupanciretã, mas viajou até Santa Maria no sábado, a cerca de 90 km, com um carro de aplicativo.

A agenda de trabalho de Bárbara estava preenchida até o final de novembro. No entanto, ela vinha desmarcando compromissos e apresentava sintomas de quadro depressivo, relatou a família em depoimento à Polícia Civil.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Antes de viajar, Bárbara atendeu pacientes e almoçou com os pais e o marido. De acordo com a amiga, Márcia Severo, que também a encontrou no dia, Bárbara não apresentava comportamento incomum.

A cidade onde a dentista residia emitiu uma nota e decretou luto oficial de três dias.

“Considerando o intenso envolvimento da comunidade no acompanhamento do caso, e também a proporção nacional que se formou sobre o desaparecimento de uma cidadã Tupanciretanense. O município de Tupanciretã decretou luto oficial por três dias, em sinal de pesar pelo falecimento da Dra. Barbara Machado Padilha, cirurgiã dentista”.




Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade