fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Na Hora H!

Criança autista de 12 anos fica em coma após ingerir bebida supostamente misturada com alvejante

Algumas crianças mais velhas ofereceram a bebida ao garoto, que mora na Inglaterra

Avatar

Publicado

em

Sussex Live/BPM Media
PUBLICIDADE

Um menino, de 12 anos, foi internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) de um hospital na Inglaterra após ingerir uma lata com bebida alcoólica que teria sido misturada com água sanitária. Ronnie Phillips tem autismo e teria recebido a bebida de alguns garotos mais velhos.

Na noite de sexta-feira (9), Ronnie Phillips e seu irmão Jimmy, de 11 anos, saíram furtivamente da casa onde moram em West Sussex, no sudeste da Inglaterra. A mãe dos garotos, Danielle Potter, já estava dormindo.

Danielle relatou ao Dailymail que seus filhos encontraram algumas crianças mais velhas na rua. Os meninos teriam dado uma bebida a Ronnie que eles disseram ser gim. Embora ainda não tenha sido confirmado qual substância foi misturada ao álcool , a família acredita que pode ter sido alvejante.

Após ingerir a bebida, Ronnie desmaiou e as crianças mais velhas fugiram do local. Jimmy ficou em estado de choque ao lado do irmão, que ele achava que estava morto.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Após algum tempo, os meninos foram encontrados por uma mulher que os ajudou e acionou o serviço de emergência.

Ronnie foi levado às pressas para o Hospital St George em Tooting, no sul de Londres, onde foi colocado em coma induzido na Unidade de Terapia Intensiva Pediátrica.

A mãe da vítima relatou, nessa terça-feira (13), que o garoto foi retirado do suporte de vida e deve voltar para casa em breve. Ela acrescentou que os meninos que deram a bebida a Ronnie ficaram fora a noite toda, mas foram encontrados pela polícia na manhã do dia seguinte, no sábado (10).

Danielle Potter fez um alerta em uma postagem nas redes sociais a respeito do uso de bebidas e drogas.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

“Eu só quero fazer as pessoas perceberem os perigos da bebida, das drogas, de jogos idiotas e de fugir deixando uma criança morrer.”

“Crianças são crianças, mas esse tipo de coisa é simplesmente ridículo e perigoso”, completou.

Tracey Willmor, a avó de Ronnie, lançou uma arrecadação de fundos para apoiá-lo após o incidente.




Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade