fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Na Hora H!

Costureira denuncia que foi esfaqueada pelo ex-companheiro

Há oito dias, mulher acordou com o homem sentado em cima da barriga dela, empunhando uma faca em seu pescoço. O acusado cortou os dedos da vítima

Avatar

Publicado

em

PUBLICIDADE

Uma costureira de 36 anos teme pela vida. Após ser esfaqueada pelo ex-companheiro, ela decidiu denunciar o caso à polícia.

O caso aconteceu em Itaguari-GO. A costureira e o acusado, que não tiveram o nome divulgados, terminaram o relacionamento há cerca de dois meses, mas o homem se recusou a devolver a chave da casa da vítima.

Na madrugada do dia 17 de fevereiro, o homem invadiu a casa da costureira enquanto ela dormia. A partir daí, ela relata as ameaças e agressões que sofreu.

“Eu acordei com ele sentado em cima da minha barriga. […] Ele perguntou se eu não ia voltar para ele, eu falei que não. […] Ele começou a tentar dar facadas em mim. Colocou a ponta da faca no meu pescoço e eu segurei, aí ele puxou. Depois ele colocou desse outro lado aqui no meu queixo, eu segurei com a outra mão, ele puxou a faca e cortou todos os meus dedos.”

Após os ferimentos, a costureira foi internada em um hospital, onde segue há mais de uma semana. Ela ainda teme que o ex volte a atormentá-la. “Ele ainda ligou para mim do telefone do pai dele falando que ia terminar o que ele tinha começado, que ia me matar sim”, lembra a mulher. “Estou com muito medo”, concluiu.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes nas mãos da vítima. Foto: arquivo pessoal

A Polícia Civil investiga o caso. O homem está em liberdade.


Leia também
Publicidade
Publicidade
Publicidade