fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Na Hora H!

Corpos de pessoas mortas pelo coronavírus são empilhados em banheiros no Equador

Para que os leitos fossem reutilizados, após o óbito, muitos corpos tiveram que ser embrulhados e armazenados

Avatar

Publicado

em

Foto: AFP
PUBLICIDADE

Profissionais de saúde do Equador relatam cenas caóticas provocadas pelo colapso do sistema de saúde e funerário do país, que sofre com o crescimento do número de mortos em decorrência do novo coronavírus.

Enfermeiros equatorianos relatam que precisaram empilhar corpos em banheiros por conta da lotação dos necrotérios. Além disso, para que os leitos fossem reutilizados, após o óbito, muitos corpos tiveram que ser embrulhados e armazenados.

Uma enfermeira, de 35 anos, que preferiu não ser identificada relata que desenvolveu traumas que a afetaram profissional e pessoalmente, devido ao caos instaurado no local. Segundo ela, quando o sistema de saúde eclodiu em março, em 24 horas todas as enfermeiras passaram de 15 para 30 pacientes a serem atendidos.

Com a sobrecarga dos necrotérios, ela explica: “muitas vezes tivemos que embrulhar corpos e guardar os corpos nos banheiros”.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O Equador já registrou mais 24 mil casos de coronavírus e mais de 880 mortes, sendo Guayaquil a cidade mais afetada.




Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade