fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Na Hora H!

Contaminação de ameba ‘comedora de cérebro’ gera alerta nos EUA

Parasita é encontrado na água morna; contaminação é considerada rara

Avatar

Publicado

em

Foto: Reprodução
PUBLICIDADE

Uma pessoa, moradora da Flórida-EUA, contraiu uma ameba através de água contaminada. A Naegleria fowleri é um microrganismo mortal que atinge o cérebro e mata 97% dos infectados.

De acordo com o Departamento de Saúde local, o paciente que foi contaminado reside em Hillsborough. O parasita é encontrado na água morna, onde as condições são ideias para sua sobrevivência, no entanto, a contaminação é considerada rara.

Na Flórida, há 37 registros de contaminação desde 1962. No país foram registradas 34 infecções, entre 2008 e 2017. O microrganismo entra no corpo pelo nariz e se aloja no cérebro do hospedeiro. Após algum tempo, o corpo estranho causa uma infecção. Estima-se que 97% dos infectados morrem.

Devido a forma como age, o microrganismo é conhecido como “a ameba que come cérebros.”

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

As autoridades locais emitiram um alerta e o órgão de saúde da Flórida afirmou que qualquer pessoa com sintomas como febre, náusea, vômito, rigidez na nuca e dores de cabeça deve procurar atendimento médico rapidamente. Não foi divulgado o estado de saúde da pessoa infectada.




Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade